Just another WordPress.com site

Didática da Filosofia

Faz muitos anos – uns vinte  – que usei pela primeira vez o conto de Max Schulman, “O Amor é uma Falácia”, em minhas aulas. Ele havia sido publicado em um pequeno livro distribuído na rede de postos Ipiranga, em uma tradução de Luis Fernando Veríssimo (As calcinhas cor-de-rosa do capitão). Naquele tempo não havia xerox – pode? – e eu digitei o conto, tirei cópias em duplicadora a álcool, essas coisas. Com o tempo passei o texto para outros professores, que também o usaram (vale lembrar que o Cabreira relutou em usar, pois parecia não apreciar muito essa ênfase em temas de lógica informal ou nessas estratégias didáticas). Ana Míriam Wuensch adaptou o conto para uma versão menor. Com o tempo ele foi devidamente digitalizado e seu uso foi se ampliando. Uma das minhas alunas que o apreciou foi a Raquel Guerra, que fazia Filosofia e Artes…

Ver o post original 94 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s